A vez delas Dignidade Íntima Educação para o Bem Viver Grêmio Estudantil

Dignidade Íntima: conhecer e apoiar!

Buscando promover ações voltadas à redução das desigualdades, o CEEJA em parceria interdisciplinar com as disciplinas de Ciências e História (Ensino Fundamental), Inglês, Biologia, Filosofia e Química (Ensino Médio) na abordagem do Projeto “A Vez Delas” convida vocês, nossas (os) estudantes, a refletirem sobre a complexidade da pobreza menstrual.

 

Além da falta de acesso a absorventes adequados, papel higiênico, sabonetes e outros itens de higiene, questões estruturais como banheiros seguros, saneamento básico e coleta de lixo afetam de maneira arrebatadora o desenvolvimento humano das meninas e mulheres que menstruam e que sofrem com a ausência desses itens básicos. 

Do ponto de vista emocional, a pobreza menstrual pode causar desconforto, insegurança e estresse, contribuindo, assim, para o aumento da discriminação sofrida por meninas e mulheres, podendo colocar em xeque a igualdade de oportunidades a que têm direito. Sem falar na ausência da escola durante o período menstrual, jogando luz sobre os efeitos ainda mais negativos da pobreza menstrual em jovens que frequentam o ambiente escolar.

No vídeo a seguir, podemos compreender porque o assunto virou pauta internacional já que na atualidade o mundo vive uma pandemia e muitas pessoas perderam renda e isso acaba causando impactos sociais sobre suas vidas. A ONU (Organização das Nações UNidas) estima que uma em cada dez meninas cisgênero perdem aula quando estão menstruadas por falta de produtos ou porque não há banheiros seguros e com privacidade na escola. Você já parou para pensar em quanto custa menstruar?

E que nem todos têm acesso a produtos básicos de higiene para viver seus períodos menstruais com dignidade?

É normal a resposta ser “não”, porque ninguém quer falar sobre isso, porém, falar sobre isso é mais do que necessário, é um assunto urgente.

A higiene menstrual precisa deixar de ser vista como um problema de quem menstrua e passe a ser um direito, como recomenda a ONU.

Vamos todes nessa luta?

CONFIRA O VÍDEO:

Neste sentido, o CEEJA promove um espaço de reflexão sobre o assunto e te convida a expressar-se, através de relatos e produção textual, sua opinião sobre o assunto para que juntos, possamos colaborar para a construção de um mundo sem preconceitos e mais solidário!

Participe da nossa pesquisa! Responda apenas uma vez. Tempo médio para resposta: até 10 minutos.

Fontes e referências utilizadas na produção da postagem:

1. Adaptado de Dignidade Íntima e o reforço no combate as desigualdades. Por Célia Parnes, Secretária de desenvolvimento social na cidade de Sao Paulo.Disponível em https://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/o-programa-dignidade-intima-e-o-reforco-transversal-no-combate-as-desigualdades. 2. Pobreza Menstrual – O filme. Disponível em https://youtu.be/0mcGvg4CTyg 3. Imagens retiradas da internet.

 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *