Educação para o Bem Viver

Incrível: Conheça o diálogo da natureza!!

Conheça a teia subterrânea complexa de raízes, fungos e bactérias que ajudam a conectar as árvores e plantas umas às outras!

Em botânicaWood World Web (termo inglês que, em português, pode se traduz por “Teia mundial madeireira“), também conhecida como rede subterrânea florestal é o processo onde árvores de diferentes espécies trocam de carbono através de uma internet de fungos que ligam as suas raízes. O processo demostrou que certos tipos de fungos comuns existem em uma sutil simbiose com as plantas, provocando não infecção, mas ligação. Estes fungos enviam finos tubos de seda de fungos chamados hifas, que se infiltram no solo e se entrelaçam em um nível celular nas pontas das raízes das plantas. Raízes e fungos se combinam para formar o que é chamado de micorriza. Desta forma, as plantas individuais são unidas umas às outras por uma complexa e colaborativa rede subterrânea de hifas.

Você já ouviu a voz da floresta? As plantas “falam”, têm “memória” e ajudam a sua comunidade. Algumas delas, como as árvores-mães, até alimentam outras plantas.

Assista o vídeo abaixo

Fonte:

  • https://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2021/01/10/ja-ouviu-a-voz-da-floresta-as-plantas-falam-tem-sentimentos-e-ajudam-a-sua-comunidade.ghtml?commentID=714d061f-46f5-4a98-9683-553461c1aff0
  • https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/08/12/como-a-internet-das-arvores-mantem-vivo-um-toco-sem-galhos-ou-folhas.ghtml
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Wood_World_Web
  • https://www.bbc.com/portuguese/internacional-48310974
  • https://umsoplaneta.globo.com/biodiversidade/noticia/2021/05/12/nada-de-solidao-arvores-conversam-entre-si-tem-sentimentos-e-se-comunicam-por-internet-da-floresta.ghtml?utm_source=Facebook_USP&utm_medium=Post&utm_campaign=um_so_planeta

Sobre o projeto Horta Literária

Desde que a Semana da Educação Alimentar foi Instituída em 2006 no calendário do Governo do Estado de São Paulo, através do Projeto de Lei nº 12.230 de 13/01/2006, como estratégia para promoção da alimentação saudável na rede de Ensino, nossa escola CEEJA, através do projeto “HORTA LITERÁRIA”, vem desenvolvendo atividades pedagógicas a fim de trazer subsídios para a conscientização e troca de saberes entre educandos/comunidade/educadores no que diz respeito à alimentação, saúde, nutrição, qualidade de vida, sustentabilidade e preservação do meio ambiente, ações que contribuem para o Bem Viver. Também para o bom desenvolvimento físico, psíquico e social.

A necessidade de plantar a conscientização através desses temas se dá especialmente pela crise ambiental, ocasionada pelo esgotamento já previsto, cientificamente, dos recursos do planeta, sejam alimentares, hídricos ou sanitários, bem como outras consequências que os desequilíbrios ambientais acarretam para a saúde nossa e a do planeta.

Em 2021, por ocasião da pandemia de Covid-19, o Projeto Horta Literária trouxe a possibilidade de pequenos mutirões de plantios,  e estudo de campo  com no máximo dois estudantes e um professor.

A parceria com as trabalhadoras da cozinha e da limpeza da escola foi o destaque das atividades desenvolvidas na Semana da Alimentação Escolar, com reaproveitamento dos resíduos orgânicos para compostagem e de copinhos de plástico para a composição de mudas para novos plantios.

Saulo Lallo

Prof. Saulo Lallo

A vida muitas vezes parece girar em círculos só pra mostrar que independente da volta, o caminho sempre começa e termina em você mesmo.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário