Educação em tempos de pandemia

Estudantes do CEEJA avaliam o futuro cenário PÓS-PANDEMIA!

As Várias Vozes do CEEJA

Entrevistando os estudantes do CEEJA de  Marília, foi perguntado quanto ao Isolamento Social e ao que os alunos esperam do futuro Pós Pandemia, além da suspensão das aulas presenciais do sentimento em relação as aulas remotas. 

Acompanhe abaixo as repostas dos alunos do Ensino Médio do CEEJA

MARCO AURELIO CAVALCANTE BATISTA – Estudante do EM do CEEJA

Estou me sentindo bem , mesmo porque não sou uma pessoa que sofre por não sair de casa,fiz a minha família pensar em tudo diminuindo os gastos e como deixar de ser consumistas em todos os sentidos . Eu espero do futuro pós Pandemia , tenha emprego e que todos os radicais ao extremo, e voltem com a paz interior, renovada sem descontar nas pessoas o que ficou pra traz. As aulas remotas são boas! O atendimento é privado, bem atendido e tira as nossas dúvidas. O Isolamento é inevitável mas o nosso cérebro não para.

 

PAULO ROGÉRIO DA SILVA, estudante do EM do CEEJA

Em relação ao Isolamento Social, pra mim, não foi um grande sacrifício porque eu  gosto muito de ficar em casa com a minha família, acho que essa Pandemia nos fez ver e dar mais valor na família. No futuro espero que as pessoas tenham aprendido um pouco sobre ser mais humilde, ser mais paciente com os outros, notar a importância que o outro tem nas nossas vidas, ter mais consciência em relação a tudo, pois essa pandemia nos fez enxergar que não somos nada nesse mundo. Não são ruins as aulas remotas, pois quem tem compromisso aprende de qualquer jeito. 

JOSÉ MEIRA FERREIRA, estudante do EM do CEEJA

Quanto ao Isolamento Social, ele veio para nos por limites, hoje eu me sinto limitado a tudo o que vou fazer, tudo tem regra, cuidados. E quanto ao futuro… ele vai deixar marcas em nossas vidas  as perdas das pessoas que conhecemos isso não vai se apagar, e a maior preocupação e ficarmos sem saber exatamente quando tudo isso vai passar e de que forma o Brasil vai ter o seu crescimento. Com relação à suspensão das aulas presenciais… É um pouco difícil, eu venho de uma cultura em que a minha época só se aprendia indo a escola e tendo o contato com o professor. Isso era prazeroso, você ter sintonia direta com o professor. Sinceramente eu sinto a falta  de conversar, tirar as dúvidas, falando diretamente com o professor na sala de aula.

Nós professoras de Arte Maria Helena e Nilce agradecemos aos nossos  alunos por sua participação no Blog do Ceeja.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *