#fiqueligado Educação em tempos de pandemia Educação para o Bem Viver Química

Grupo de Estudos – QUÍMICA (Tema 1/10)

Olá Estudantes! 

O tema do Grupo de Estudos da semana é: Transformações Químicas

No Caderno do Estudante Química (Volume 1) o tema é desenvolvido abordando nosso cotidiano. Na Unidade 1 você pode acompanhar este conteúdo realizando a leitura das páginas 17 até 37 que explica sobre as propriedades das substâncias o que nos permite identificá-las, separá-las e utilizá-las no controle de qualidade de diferentes produtos. A Unidade aborda, ainda, do que caracteriza uma reação química e de como as massas das substâncias que reagem e se formam estão relacionadas.

Transformações no dia a dia

As transformações químicas, também definidas como reações químicas, consistem na transformação de novos produtos originados a partir de substâncias que foram submetidas a alterações das suas características iniciais, chamadas de reagentes. Boa parte dessas transformações químicas podem facilmente ser percebidas através dos aspectos estruturais que as substâncias demonstram. Após sofrer reações, podem mudam a coloração, podem ocorrer variações de temperatura, liberação de gás, formação de um sólido ou liberação de luz.

As transformações podem ocorrer por meio de diferentes fatores que interferem nas propriedades dos reagentes, transformando-os em produtos. Essas reações podem acontecer por ação do calor (termólise), por ação da corrente elétrica (eletrólise), por ação da luz (fotólise/fotossíntese), por ação mecânica (atrito ou choque entre as substâncias reagentes) e por mistura (interação) entre substâncias distintas.

Transformações físicas, embora sejam perceptíveis pela mudança na aparência do material, ocorrem de maneira mais passageira ou reversível, não alterando intimamente a natureza da substância.

A professora de Química Carolina Batista, uma das colaboradoras do site de conteúdos Toda Matéria, descreve que durante as transformações físicas os materiais sofrem mudanças, mas não podem ser transformado em outro.

Olhando microscopicamente, percebe-se que os átomos, íons ou moléculas passam por uma agitação ou reordenação, mas eles não são alterados. Observe a animação dos átomos que compõem uma substância de acordo com seu estado físico:

O exemplo mais comum que temos para as transformações físicas são as mudanças que ocorrem nos estados físicos da água: Ao aquecermos a água ela vaporiza, se congelarmos a água ela solidifica, e quando a colocamos na temperatura ambiente ela retorna ao estado líquido. A água em  diferentes estados tem suas moléculas rearranjadas, mas a sua composição é a mesma. Por isso, temos uma transformação física.

Agora, vejamos o caso da interação (mistura) entre duas substâncias de laboratório: o iodeto de potássio  (fórmula química: KI) com nitrato de chumbo que tem fórmula química: Pb(NO3)2.

Primeiro, vamos interpretar o que vemos:

Dois líquidos incolores entram em contato e a mistura muda de cor assim como o aspecto da mistura também muda.

Não apenas dentro de laboratórios científicos, mas também nas residências podem ocorrer simples reações com elementos químicos, a exemplo da  respiração, a produção de alimentos, o processo de putrefação do leite (leite azedo), prego de ferro enferrujado,  fotossíntese e a combustão de uma substância, é só observarmos mais a nossa volta!

A Química com certeza faz parte do nosso dia a dia!

“Na natureza, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.”

(Antoine Lavoisier)

Quem nunca viu, ouviu ou leu esta frase? Pois é assim que se define a conservação das massas das substâncias em uma transformação química.

Lavoisier é considerado o “pai” da Química Moderna porque nestes e em outros dos seus experimentos ele utilizou importantes técnicas experimentais, tais como a utilização de balanças com alta precisão para a época, realizou as reações em recipientes fechados e anotou cuidadosamente todos os dados coletados, como a massa dos reagentes e a dos produtos.

Em uma transformação química representa-se o fenômeno da seguinte maneira:

REAGENTES    PRODUTOS

Já sabemos que os reagentes são todas as substâncias iniciais de um sistema que reagem entre si e sempre são posicionadas do lado esquerdo da descrição do fenômeno. Em Química, a seta () indica transformação e do lado direito, representamos os produtos formados, que são as substâncias finais em uma transformação. Para Lavoisier “Num recipiente fechado, a soma das massas dos reagentes é igual à soma das massas dos produtos.”

No Caderno do Estudante Volume 1 – tema 2 (páginas 38 até 43) você encontra os exemplos dos experimentos de Lavoisier além de aprender como calcular as quantidades de massa envolvidas em uma transformação química, podendo até prever as quantidades que podem reagir ou se formar nessas transformações! 

Quer fazer exercícios de Vestibular sobre este tema? Então clica AQUI.

Transformações Químicas no ENEM

No que diz respeito à Química inserida na área de ciências da natureza e suas tecnologias, o documento básico do ENEM apresenta uma matriz de referência que valoriza a articulação entre os conhecimentos científicos da química e do contexto de vida com base numa abordagem de temas apoiada na interdisciplinaridade (ID) e na contextualização (INEP, 2012).

Na maioria das provas do Enem e de Vestibulares é muito comum a apresentação de 5 alternativas – múltipla escolha (A,B,C,D e E). Então preste muita atenção na hora de escolher uma das alternativas!

Então agora que a gente tá sabendo os detalhes sobre Transformações Químicas, vamos praticar!

Apresentamos algumas questões abordadas no Enem de vários anos e você, estudante, pode tentar resolver as questões e contribuir deixando seu comentário para a Equipe de Química.

* O Gabarito das questões desse tema será divulgado na próxima postagem, então fiquem ligados no Blog do CEEJA.

Bons Estudos.

 

 

Ano: 2016 Banca: INEP Órgão: ENEM Prova: INEP – 2016 – ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio 

(Q877487) O quadro apresenta alguns exemplos de combustíveis empregados em residências, indústrias e meios de transporte.

São combustíveis líquidos à temperatura ambiente de 25ºC:

Butano, etanol e metano.

Etanol, metanol e octano.

Metano, metanol e octano.

Metanol e metano.

Octano e butano.

 

Ano: 2017 Banca: INEP Órgão: ENEM Prova: INEP – 2017 – ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio 
 

(Q876388) A bauxita, composta por cerca de 50% de Al2O3 (óxido de alumínio) sendo o mais importante minério de alumínio. As seguintes etapas são necessárias para a obtenção de alumínio metálico:

1. A dissolução do AI2O3 (s) é realizada em solução de NaOH (aq) a 175°C, levando à formação da espécie solúvel Al(OH)4 (aq).

2. Com o resfriamento da parte solúvel, ocorre a precipitação do Al(OH)3 (s).

3. Quando o AI(OH)3 (s) é aquecido a 1.050º C, ele se decompõe em Al2O3 (s) e H2O.

4. Al2O3 (s) é transferido para uma cuba eletrolítica e fundido em alta temperatura com auxílio de um fundente.

5. Através da passagem de corrente elétrica entre os eletrodos da cuba eletrolítica, obtém-se o alumínio reduzido no cátodo.

As etapas 1, 3 e 5 referem-se, respectivamente, a fenômenos:

Químico, físico e físico.

Físico, físico e químico.

Físico, químico e físico.

Químico, físico e químico.

Químico, químico e químico.

 

Ano: 2015 Banca: INEP Órgão: ENEM Prova: INEP – 2015 – ENEM – Exame  Nacional do Ensino Médio 
 

(Q571956) Em um experimento, colocou-se água até a metade da capacidade de um frasco de vidro e, em seguida, adicionaram-se três gotas de solução alcoólica de  fenolftaleína. Adicionou-se bicarbonato de sódio comercial, em pequenas quantidades, até que a solução se tornasse rosa. Dentro do frasco, acendeu-se um palito de fósforo, o qual foi apagado assim que a cabeça terminou de queimar. Imediatamente, o frasco foi tampado. Em seguida, agitou-se o frasco tampado e observou-se o desaparecimento da cor rosa.
MATEUS, A. L. Química na cabeça. Belo Horizonte: UFMG, 2001 (adaptado).

A explicação para o desaparecimento da cor rosa é que, com a combustão do palito de fósforo, ocorreu o(a):

formação de óxidos de caráter ácido.

evaporação do indicador fenolftaleína.

vaporização de parte da água do frasco.

vaporização dos gases de caráter alcalino.

aumento do pH da solução no interior do frasco.

 

Ano:2015 Banca: INEP Órgão: ENEM Prova: INEP – 2015 – ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio 
 
(Q571951) O ar atmosférico pode ser utilizado para armazenar o excedente de energia gerada no sistema elétrico, diminuindo seu desperdício, por meio do seguinte processo: água e gás carbônico são inicialmente removidos do ar atmosférico e a massa de ar restante é resfriada até  -198oC. Presente na proporção de 78% dessa massa de ar, o nitrogênio gasoso é liquefeito, ocupando um volume 700 vezes menor. A energia excedente do sistema elétrico é utilizada nesse processo, sendo parcialmente recuperada quando o nitrogênio líquido, exposto à temperatura ambiente, entra em ebulição e se expande, fazendo girar turbinas que convertem energia mecânica em energia elétrica.
MACHADO, R. Disponível em: www.correiobraziliense.com.br. Acesso em: 9 set. 2013 (adaptado).
 
No processo descrito, o excedente de energia elétrica é armazenado pela:
 

expansão do nitrogênio durante a ebulição.

absorção de calor pelo nitrogênio durante a ebulição.

realização de trabalho sobre o nitrogênio durante a liquefação.

retirada de água e gás carbônico da atmosfera antes do resfriamento.

liberação de calor do nitrogênio para a vizinhança durante a liquefação. 

 

Ano:2019 Banca: INEP Órgão: ENEM Prova: INEP – 2019 – ENEM – Vestibular – 2° Dia – PPL
 
(Q1276455) Na perfuração de uma jazida petrolífera, a pressão dos gases faz com que o petróleo jorre. Ao se reduzir a pressão, o petróleo bruto para de jorrar e tem de ser bombeado. No entanto, junto com o petróleo também se encontram componentes mais densos, tais como água salgada, areia e argila, que devem ser removidos na primeira etapa do beneficiamento do petróleo.
 
A primeira etapa desse beneficiamento é a:
 

decantação.

evaporação.

destilação.

floculação.

filtração.

 

Fontes:

  1. Adaptações de Caderno do Estudante EJA Mundo do Trabalho. Química. vol. 1. p. 17-43.
  2. Transformações Químicas e Físicas. Blog Toda Matéria. Disponível em https://www.todamateria.com.br/transformacoes-fisicas-e-quimicas/.
  3. Lavoisier. site Canal Ciência. Disponível em https://canalciencia.ibict.br/nossas-informacoes/ciencioteca/personalidades/item/316-lavoisier-vida-obra-e-descobertas. 
  4. Exercícios sobre  a Lei de Lavoisier. Blog Mundo Educação, seção exercícios. Disponível em https://exercicios.mundoeducacao.uol.com.br/exercicios-quimica/exercicios-sobre-lei-lavoisier.htm#resposta-697.
  5. Questões Enem Química. site Qconcursos. Disponível em https://www.qconcursos.com/questoes-do-enem/disciplinas/quimica-quimica/transformacoes-estados-fisicos-e-fenomenos/questoes.
Quelselise Xavier

Quelselise Xavier

A Humildade não te faz Melhor que Ninguém, mas te faz Diferente de Muitos! ("Pensador)

Você também pode gostar...

Deixe um comentário