#formaçãohumana Educação para o Bem Viver Química

“A Educação é constante troca de aprendizagens”, diz Lucilene Catanio!

Série Especial do Blog do CEEJA destaca a biografia de professores!

Esta semana a Série #FormaçãoHumana – que busca valorizar o percurso formativo de professores de escolas públicas brasileiras – traz um pouco da biografia da professora Lucilene, do CEEJA de Marília, SP.

Lucilene Catanio nasceu em Serafina Corrêa- RS, onde estudou até a 8ª série do Ensino Fundamental, na Escola Estadual de 1º e 2º Graus Carneiro de Campos, na sua cidade Natal. Aos 14 anos foi aprovada no exame de seleção para ingresso na Escola Agrotécnica Federal de Sertão, onde cursou o Ensino Médio, graduando-se, em 1985, Técnica em Agropecuária aos 17 anos.

Em 1986 prestou vestibular para o Curso de Química, na Universidade de Passo Fundo-RS, graduando-se em 1989, em Licenciatura Plena Em Química. Em 1991 concluiu sua segunda graduação no Bacharelado Em Química, pela mesma Universidade. Ingressou no magistério gaúcho através de concurso público, na cidade de Guaporé- RS, onde lecionou até 1996, quando casou e mudou-se para Marília-SP. Começou a lecionar no magistério paulista em 1997.

Em 2004, após passar no exame de seleção, começou sua trajetória do Ensino de Jovens e Adulto no CEEJA Profª Iria Fofina Seixas, no Bairro Nova Marília, lá permanecendo até 2011, quando o CEEJA foi fechado.

Em 2014, teve a oportunidade de voltar ao Ensino de Jovens e Adultos no CEEJA Profª Sebastiana Ulian Pessine, onde atua como professora de Química até os dias de hoje.

Em março de 2020, concluiu sua Pós Graduação pela Faculdade Única em Tutoria Em Educação A Distância E Docência Do Ensino Superior.

Está sempre buscando realizar cursos na área da Educação, que venham contribuir para seu crescimento pessoal e profissional, podendo assim compartilhar o aprendizado com seus alunos.

 Se sente uma educadora privilegiada por poder trabalhar com a Educação de Jovens e Adultos, nesse ensino ocorre a troca constante de aprendizados, tando do professor para com o aluno, como do aluno para com o professor.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário