Escola

Ciência e ficção neste livro de Matemática que mereceria estar na sua estante!

O Homem Que Calculava – Malba Tahan

 Heterônimo de Julio César de Mello Souza

Júlio César de Mello e Souza, mais conhecido como Malba Tahan, foi um professor, educador, pedagogo, conferencista, matemático e escritor do modernismo brasileiro, e, através de seus romances infanto-juvenis, foi um dos maiores divulgadores da matemática do Brasil.

Um clássico da literatura infanto-juvenil que  traz as proezas matemáticas do calculista persa Beremiz Samir e suas incríveis aventuras nas soluções fantásticas para problemas aparentemente insolúveis. Une ciência e ficção.

A narrativa, dentro da paisagem do mundo islâmico medieval, trata das peripécias matemáticas do protagonista, que resolve e explica, de modo extraordinário, diversos problemas, quebra-cabeças e curiosidades da matemática. Inclui, ainda, lendas e histórias pitorescas, como, por exemplo, a lenda da origem do jogo de xadrez e a história da filósofa e matemática Hipátia de Alexandria. Sem ser um livro didático, tem, contudo, uma forte tonalidade moralista. Por isso, o livro é indicado como um livro paradidático em vários países, tendo sido citado na Revista Book Report e em várias publicações do gênero.

O vídeo sugerido trás uma das histórias do livro “O homem que calculava” onde o calculista Beremiz desafia 3 irmãos e calcular a partilha de 35 camelos. Vale a pena conferir!

 

Mais informações sobre o autor:

Falecimento18 de junho de 1974, Recife, Pernambuco
Nome completoJúlio César de Mello e Souza

Fontes:  Wikipédia, a enciclopédia livre; IMPA.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário