Escola

Dê um Play na sua Aprovação!

Cinema e o Mundo do Trabalho

Por: Profa. Elaine e Profa. Glória, com participação especial do Prof. Thiago da Silva.

Tempos Modernos – Wikipédia, a enciclopédia livreFilmes são produtos culturais que têm como função principal entreter as pessoas. Além disso, o cinema pode informar, persuadir, ensinar etc. Os filmes muitas vezes podem trazer críticas que nos fazem pensar na vida e nos problemas do mundo como um todo, é o caso de “MODERN TIMES” Tempos Modernos, do ator e diretor Charlie Chaplin, que foi lançado em 1936, cuja temática continua atual, ou seja, nos fazendo refletir sobre os nossos dias apesar dos mais de 80 anos decorridos.

Muitas dessas temáticas e críticas que acontecem em nossa volta são constantemente temas relacionados à Redações de Vestibulares e Enem, que nos fazem pensar, nos incentiva a desenvolver um assunto criando uma tese e defendendo-a por meio de argumentos!

Por isso é necessário sempre estarmos atentos, vendo, lendo e discutindo diversos assuntos. E pensando nisso, resolvemos unir cinema, trazendo um filme extremamente  interessante e crítico, à um tema muito falado e discutido no nosso meio atualmente, “Mundo do Trabalho”!

 

 

TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVOCinco dicas sobre o título na redação - Brasil Escola

 

O texto dissertativo-argumentativo é um gênero discursivo muito comum em provas de vestibulares e ENEM. Trata-se de uma produção em que o autor defende seu ponto de vista por meio de argumentos. No caso específico do ENEM, exige-se também que se apresentem propostas de solução para os problemas levantados na argumentação.

 O objetivo do texto argumentativo-dissertativo é convencer o leitor das ideias apresentadas pelo autor.

A estrutura da dissertação é composta por: INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO e CONCLUSÃO.

      – INTRODUÇÃO: Na introdução o assunto é apresentado. É necessário deixar claro qual é o assunto abordado no texto e, além disso, qual será a tese ou ponto de vista a ser defendida.

      – DESENVOLVIMENTO: São os parágrafos intermediários da dissertação destinados à defesa da tese mediante argumentos, a fim de confirmar o ponto de vista do autor.

      – CONCLUSÃO: Proposta de solução. A conclusão deve conter os fatos indicados no texto e apontar uma solução para os problemas destacados na argumentação (desenvolvimento).

-> Abaixo temos um texto dissertativo-argumentativo escrito por Thiago Evando Vieira da Silva, atualmente professor de Filosofia da Escola Estadual Prof. Amílcare Mattei, na cidade de Marília, e que já lecionou na escola CEEJA. Ele aceitou participar da nossa publicação, tendo como base o filme “Modern Times”, discorrendo um pouco sobre o tema e nos dando um exemplo de escrita de redação.

Conscientização em “Tempos Modernos”

O filme “Tempos Modernos”, além de ser uma obra prima da sétima arte pela genialidade de Charlie Chaplin, também é sempre lembrado por retratar a vida sofrida dos trabalhadores, realidade motivada tanto pelos baixos salários quanto pelas más condições de trabalho. A história se passa durante a primeira metade do século passado, momento de várias manifestações dos movimentos trabalhistas e sindicais através dos quais foram conquistados praticamente todos os direitos do trabalhador que temos hoje e que são constantemente ameaçados. Tal ameaça ocorre por dois motivos principais: falta de esclarecimento (leitura e discussão apropriada) sobre o assunto e uma interpretação equivocada sobre a história dos direitos conquistados.

Está sendo difundida a ideia de que a educação deve versar sobre aquilo que possui um retorno imediato, prático e rentável, que as disciplinas que tratam de temas abstratos não estão a serviço da nação e que, portanto, sua utilidade é questionável. Assim, o ato de ler textos densos, refletir sobre temas profundos e realizar análise de argumentos está sendo confundido com doutrinação ideológica. Há uma carência cada vez maior de esclarecimento, talvez não de forma despretensiosa, acerca de temas que envolvem a conquista de direitos através da luta dos mais necessitados.

Há também uma confusão intelectual por parte daqueles que se debruçam sobre o tema da industrialização e seus benefícios, pois, partindo do pressuposto de que o modelo liberal surgiu através do movimento iluminista, este que representou a crítica ao Antigo Regime e proporcionou a tão almejada liberdade, parece que tudo o que se opõe a este modelo seria sinônimo de retrocesso. Entretanto, a leitura atenta do próprio precursor do pensamento liberal, John Locke, demonstra a deturpação de sua teoria pela prática vivida, uma vez que, em sua teoria, a propriedade é fruto do trabalho, mas na prática quem mais trabalha, pouco ou nada possui. É exatamente essa prática o alvo do pensamento crítico tão temido de Karl Marx, se a exploração do trabalho não está de acordo com o ideal de liberdade elevado ao extremo pelos pensadores do Iluminismo, então a crítica deve ser feita até a sua efetivação.

A teoria crítica da sociedade parece ser uma via profícua para empreender a tão necessária mudança. Melhores condições de trabalho, salário justo e direitos garantidos são conquistas da classe trabalhadora, cabe aos trabalhadores de hoje não somente a sua manutenção como também dar continuidade ao projeto. Herbert Marcuse, filósofo que inspirou alguns movimentos sociais, como foi o caso de sua influência em Angela Davis, líder dos Black Panthers, ao investigar os potenciais de revolução de seu tempo, constatou que a arte talvez seja o principal deles. Desta forma, “Tempos Modernos” torna-se altamente recomendável tanto para a fruição dos amantes da arte quanto para o processo de emancipação social.

 

Você também pode gostar...

3 comentários

  1. ceeja-admin

    Parabéns querida Glorinha!!! Tema muito importante.

  2. THIAGO EVANDRO VIEIRA DA SILVA says:

    Parabéns, equipe! Excelente iniciativa!

  3. ceeja-admin

    Parabéns Glória! Tema muito interessante trazer para os nossos dias!

Deixe um comentário