Escola

Literatura Brasileira: Conheça uma das obras clássicas mais aplicadas nos vestibulares!

O ano de 2020 definitivamente ficará para a história! Estamos enfrentando uma pandemia jamais vivida por nenhum de nós e que modificou nossas vidas completamente!


A começar pela disponibilidade de tempo. Temos ficado mais em casa, já que uma das medidas adotadas foi o fechamento das atividades comerciais, mantendo apenas serviços indispensáveis. Mas, que tal aproveitarmos este período para ficar em dia com os clássicos da literatura brasileira? Você sabia que muitas obras são frequentemente cobradas nos vestibulares?

Vou apresentar uma delas, que também é uma ótima opção para reflexão neste momento em que convivemos mais com nossos familiares, a obra Laços de Família de Clarice Lispector, lançada em 1960 e que faz parte da terceira geração do Modernismo Brasileiro, classificação que se dá pelos elementos encontrados, como: O narrador que deixa o pensamento fluir criando um emprego do fluxo de consciência, a sondagem psicológica em que analisa profundamente os estados da alma dos personagens, a conversa interna do narrados, a linguagem inovadora, uso da metalinguagem, anulação dos limites espaciotemporais e postura anticonvencional.

Segundo o crítico literário Massaud Moisés, o livro Laços de Família inovou a literatura da época. “Deu ao conto sem ou quase sem enredo uma dimensão nova, graças à sua singular capacidade introspectiva, e a obra consagra definitivamente a autora e acrescentam à literatura brasileira uma dimensão sobremaneira original e enriquecedora”, ressalta.

Laços de Família reúne 13 contos que narram as particularidades do círculo doméstico, trazendo para a discussão conflitos, a violência emocional e os sentimentos ocultos, como a solidão e a falta de comunicação, que aprisiona os personagens, os quais se apresentam sempre fracos e frustrados com a convivência familiar, mas precisando se mostrar fortes diante das convenções sociais.

Ao longo das histórias, os personagens apresentam um momento de lucidez e pensam em lutar contra a rotina, mas logo retornam à fragilidade e insegurança, seguindo como fantoches por não ter liberdade de escolha. Clarice apresenta o retrato de uma época, nos levando a entender a deterioração das nossas estruturas e valores. 

O livro é de fácil leitura, mas com riqueza de vocabulário, e está disponível em vários sites da internet, por ser uma obra de Domínio Público. O Centro de Seleções da Universidade Federal de Grandes Dourados disponibiliza a obra: https://cs.ufgd.edu.br/download/Lacos%20de%20Familia%20-%20Clarice%20Lispector.pdf

BOA LEITURA!

 

Fonte:
https://faro.edu.br/blog/10-livros-de-literatura-brasileira-que-todo-vestibulando-deveria-ler/

Referência bibliográfica:
LISPECTOR, Clarice. Laços de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

Você também pode gostar...

4 comentários

  1. ceeja-admin

    Ótima postagem professora Renata. Da Clarisse eu só li “A Hora da Estrela”, mas agora “Laços de Família” já entrou na minha lista!!

    1. ceeja-admin

      Obrigada..bjs

  2. ceeja-admin

    Parabéns Renatinha…..Ótima indicação…..só a Titulação do livro, já desperta a vontade de viajar por ele. Abraços

  3. ceeja-admin

    Ah! Clarice!!! Sempre misteriosa e investigadora das coisas, das pessoas…forma que nos arrasta para o interior do cotidiano. Não tem como não se prender a cada linha interrogativa de sua escrita. Bela postagem Renata, sou encantada por essa escritora. Li algumas obras também de sua irmã Elisa Lispector. Vale a pena e recomendo.

Deixe um comentário