Escola

Live do CEEJA “Hortas Urbanas e Educação” – acontece nesta quinta-feira, às 20h!!

Projeto “Horta Literária” do Bem Viver – CEEJA/Marília

A transmissão acontece ao vivo pelo YouTube, nesta quinta-feira, 9 de julho, às 20h! Link abaixo:

Atividade aberta a todos será apresentada pelo Prof° Me. Sérgio/Hortelão Urbano Agroecológico e pelo Profº Dr. João Paulo Francisco de Souza/Coordenador Pedagógico do CEEJA.

Somos todos natureza, fazemos parte do Solo, da Água, da Terra e do Ar. O meio ambiente nos permite viver em comunhão com todos os seres vivos e inanimados, desde que nos propomos a conhecê-lo para proteger respeitar e preservar, afinal precisamos de todos os recursos naturais para vivermos com dignidade

Fátima Simines, professora de Ciências do CEEJA,

 

Nessa perspectiva o projeto “Horta Literária do CEEJA” proporciona o conhecimento a cerca dos temas: Agroecologia, Permacultura, a Agrofloresta, Horta urbana, Bem Viver e Literatura, tudo voltado para a conscientização de como usufruir sem agredir.

Acompanhe, abaixo, algumas questões que serão abordadas durante a transmissão ao vivo:

  • É possível alimentar o planeta sem usar transgênicos?
  • Como o poder público pode incentivar as Hortas Urbanas nas cidades?
  • Como produzir uma horta urbana e como mantê-la?
  • Quais são os espaços que podem serem utilizados para essa finalidade do ponto de vista legal?
  • Como engajar a população para a construção desse trabalho?
  • Quais são os benefícios na construção das hortas no que diz respeito:   ▪ A Comunidade;    ▪ Aos Espaços (terreno baldio, praças, ruas, …);    ▪ Na Alimentação;   ▪ No Clima;    ▪ Na Proteção dos Animais;    ▪ Desmatamento;    ▪ Enfrentamento dos Agrotóxicos,    ▪ entre outros…
  • Na cidade de Marília como esses espaços são construídos? Onde estão localizados e o que estão produzindo?  
  • Quais são os cuidados que é recomendável diante da COVID-19, para quem está trabalhando no cultivo e distribuição dos produtos da hortas urbanas?
  • Sobre hortas comunitárias, como são organizados os trabalhos, desde o manejo da produção até a produção dos produtos?
  • Sobre cestas agroecológicas populares, como são e como funcionam este tipo de iniciativa?

Ainda de acordo com a professora de Ciências, “é importante a participação de todos os envolvidos na atividade, tendo em vista a responsabilidade do ser humano diante do futuro do planeta, dos seres que nela vivem, dos recursos naturais, da dinâmica do mundo vivo e de suas relações com o mundo físico!”

Mas, o que vem a ser o Bem Viver?

O Bem Viver é uma filosofia em construção, e universal, que parte da cosmologia e do modo de vida ameríndio, mas que está presente nas mais diversas culturas. Esta entre nós,  no Brasil, com o teko porã dos guaranis. Também está na ética e na filosofia africana do ubuntu – “eu sou porque nós somos”. Esta no ecossocialismo, em uma busca por ressignificar o socialismo centralista e produtivista do seculo 20. Está no fazer solidário do povo, nos mutirões em vilas, favelas ou comunidades rurais e na minga ou mika andina. Está presente na roda de samba, na roda de capoeira, no jongo, nas cirandas e no candomblé. Está na Carta Encíclica Laudato Si do Santo Padre Francisco sobre o Cuidado da Casa Comum. Seu significado é viver em aprendizado e convivência com a natureza, fazendo-nos reconhecer que somos “parte” dela e que não podemos continuar vivendo “à parte” dos demais seres do planeta. A natureza não está aqui para nos servir, até porque nós, humanos, também somos natureza e, sendo natureza, quando nos desligamos dela e lhe fazemos mal, estamos fazendo mal a nós mesmos. Livro: O Bem Viver: uma oportunidade para imaginar outros mundos

Saulo Lallo

Prof. Saulo Lallo

A vida muitas vezes parece girar em círculos só pra mostrar que independente da volta, o caminho sempre começa e termina em você mesmo.

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. ceeja-admin

    Que maravilha…estarei a postos. Parabéns caros colegas

Deixe um comentário