#fiqueligado #formaçãohumana Aula Remota Ciências do Movimento coronavírus Escola Química

A Química do Cotidiano

Quais substâncias do nosso cotidiano possuem facilidade de carregar e manter o novo Coronavírus?

Imagem de iStock – Atualizado 13 de maio de 2020.

O QUE VOCÊ JÁ SABE!

Em Química*, substâncias são materiais que possuem todas as propriedades constantes e definidas e são formadas por um único tipo de componente como átomos, moléculas ou aglomerados iônicos. As propriedades das substâncias se referem ao seu estado físico em condições normais de temperatura e pressão podendo se apresentar no estado sólido, líquido ou gasoso, esses três os mais comuns. Caderno do Estudante, Química. vol 1 – páginas 17 à 24.

Neste post, vamos aplicar nossos conhecimentos à atualidade, ao relacionar como as substâncias do nosso cotidiano podem contribuir para a disseminação do novo Coronavírus e o que podemos fazer para evitar essa situação. 

O jornal americano The New York Times interage com seus leitores através de uma coluna chamada “Ask Well” que responde às dúvidas e perguntas cotidianas de seus assinantes sob a supervisão de T é a editora fundadora do Well, o premiado site de saúde do consumidor. E

Para responder a essas dúvidas, o jornal ouviu especialistas em doenças infecciosas, cientistas em aerossóis e microbiologistas para esclarecer à toda população quais os materiais que, ao entrar em contato com o vírus, apresentam maior superfície de contato com ele. De acordo com estudo norte americano realizado, perguntas como:

Especialistas responderam que: Para a maioria de nós que pratica o distanciamento social e sai apenas para ir ao supermercado ou farmácia, concordamos que não é necessário trocar de roupa ou tomar banho ao voltar para casa. Você deve, no entanto, sempre lavar as mãos. Embora seja verdade que um espirro ou tosse de uma pessoa infectada possa impulsionar gotículas virais e partículas menores pelo ar, a maioria delas cairá no chão. Estudos mostram que algumas pequenas partículas virais podem flutuar no ar por cerca de meia hora , mas não enxameiam como mosquitos e é improvável que colidam com suas roupas. Você não deve se preocupar com a contaminação viral de seus cabelos ou barba, se estiver praticando distanciamento social.

Enfim, como sempre nos ocorrem dúvidas sobre algo tão “invisível” o biólogo e pesquisador brasileiro Atila Iamarino em seu canal do Telegram: Explicações sobre o Coronavírus, trouxe esse estudo e outros mais para divulgar quais substâncias e quanto tempo conseguem manter o vírus em sua superfície e esclarece também como devemos higienizar os objetos. Assista:

                   [youtube https://www.youtube.com/watch?v=tswrv4qjpm0]

Atila Iamarino é um biólogo e pesquisador brasileiro, formado em Microbiologia e Doutor em Virologia, notório por seu trabalho de divulgação científica no canal do YouTube.

Conhecer a natureza das substâncias que nos rodeiam é colocar em prática nossos conhecimentos em Química de foma consciente e contribuir para que possamos deixar o novo Coronavírus bem longe!

*O termo substância é referência no Volume 1 do Caderno do Estudante EJA – Mundo do Trabalho de Química.

Quelselise Xavier

Quelselise Xavier

A Humildade não te faz Melhor que Ninguém, mas te faz Diferente de Muitos! ("Pensador)

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. Oi gostei da matéria e do vídeos podemos aprender juntos?

Deixe um comentário