Biblioteca

Literatura para o vestibular

As  listas de livros de literatura  selecionadas para a realização do vestibular de 2019 das universidades públicas de São Paulo são:

Fuvest –Vestibular da Universidade de São Paulo (USP)

Poemas Escolhidos – Gregório de Matos
Quincas Borba – Machado de Assis
Claro Enigma – Carlos Drummond de Andrade
Angústia – Graciliano Ramos
A Relíquia – Eça de Queirós
Mayombe – Pepetela
Sagarana – Guimarães Rosa
O Cortiço – Aluísio Azevedo
Minha Vida de Menina – Helena Morley

Unicamp – Universidade Estadual de Campinas

Poesia:

Luís de Camões, Sonetos.
Racionais Mc’s, Sobrevivendo no inferno.
Ana Cristina Cesar, A teus pés.

Contos:

Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.
Machado de Assis, O espelho. Clique aqui para acessar a obra. 

Teatro:

Dias Gomes, O bem amado.

Romance:

Júlia Lopes de Almeida,  A falência. Clique aqui para acessar a obra. 
Érico Veríssimo, Caminhos Cruzados.
José Saramago, História do Cerco de Lisboa.

Diário:

Carolina Maria de Jesus, Quarto de despejo. Clique aqui para acessar a obra. 

Crônica:

Nelson Rodrigues, A cabra vadia.

Sermões:

Antonio Vieira

(1) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;
(2) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;
(3) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor.


O CEEJA – Profa. Sebastiana Ulian Pessine – tem disponível para consultas e empréstimos exemplares dos seguintes livros:

O Cortiço – Aluísio Azevedo

O romance é enquadrado na escola literária do Naturalismo, que compreende características narrativas a partir da observação minuciosa da realidade. O Cortiço demonstra as relações estabelecidas pelos portugueses ao adentrarem o Brasil, que em sua ânsia de enriquecimento, violentam a cultura brasileira, considerada inferior. É um clássico da literatura brasileira, muito interessante conhecer.

A Relíquia – Eça de Queirós

O romance é enquadrado na escola literária do Realismo e trabalha com uma narrativa acerca da condição de adaptação humana, as relações de posse e as ilusões sociais e afetivas que nutrimos através de nossas relações íntimas, que envolvem sacrifício e recompensa.

Sagarana – João Guimarães Rosa

Essa é a primeira obra de Guimarães Rosa, em que através de alguns contos, o autor aborda o universo do sertão, com fortes personagens representativos, sejam eles vaqueiros, jagunços (capangas),  fazendeiros, moços e moças apaixonados.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário