Escola Relato de Experiência Vivida

CEEJA: A Escola do Bem Viver!

Por Adão José Alencar – aluno do grêmio estudantil do CEEJA

A Importância do Acolhimento aos Alunos Jovens e Adultos

Eu Adão José Alencar, quando soube que existia uma Escola, que daria uma nova chance a voltar a estudar na terceira idade e acabar de completar os sonhos de voltar a estudar e ter mais conhecimentos atualizados no meu dia a dia.

Lógico tive um despertar muito abençoado na minha vida. Primeiro respirei  fundo. Fiquei muito contente. Conversei com Deus em oração. Fui tendo um despertar e sendo motivado a procurar a escola. Moro na Vila América Quatro. Tomei o ônibus e vim saber na escola. O que eu tinha que fazer era providenciar a documentação.

Fui muito bem recebido pelo professor João Paulo. Me abraçou e me acolheu com muito respeito e carinho. Me levou na secretaria. Todos me trataram com muita amorosidade. Fiquei muito feliz pela linda recepção que tive. Isso me motivou a correr.  A buscar toda documentação e retomar meus sonhos. Comecei pelo ensino fundamental.

Ali fui muito bem acolhido pela professora Maria Fátima Simines, da disciplina de Ciências. Tenho imenso respeito e carinho por ela por me acolher carinhosamente. Me motivou bastante e me disse que eu conseguiria. Isso me cativou mais ainda.  Hoje já estou no ensino médio!

Agradeço a Deus, sempre, e a todos da escola que acolhem. Todos os alunos: jovens,adultos, idosos… me motivam a viver com felicidade! Agradeço todos: portaria, limpeza, cozinha abençoada, professoras, professores, seguranças, enfim…  um convívio abençoado! Por Deus, pela minha família, pela força e paciência comigo, pelos amigos e amigas que sempre estão ao meu lado, e eu ao lado deles!

Sim, agradeço a Deus por tudo! Por poder estar realizando mais um sonho em minha vida! Amém! “A paciência acalma a alma”. Somos feliz. Nesta escola CEEJA Profª Sebastiana Ulian Pessine, somos todos abençoados. Amém.

Essa é a “Escola do Bem Viver”.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário