Autobiografia Publicação de Estudante

Poderes e Sonhos: uma autobiografia (Parte II)

Por Rodrigo Maia  – estudante do CEEJA

 

Escrevo esta autobiografia sobre mais um pedacinho do que aconteceu na minha vida nesses últimos anos. Do dia 24 de agosto de 2015  a 24 de dezembro de 2016 eu estava completamente limpo do álcool cruzado. Já havia completado a quinta série na EJA e faria uma viagem, por meio da secretaria municipal da educação,  junto aos colegas da escola, completando o que seria a nossa última atividade escolar.

Porém, o poder público da época cancelou a viagem, assim não autorizou esta última atividade da escola, cessando os recursos necessários para o encontro final da turma. Como consequência de não alcançar meus planos de viajar, fiquei desanimado e pensei que podia apenas tomar uma cerveja em um posto de gasolina e, naquela manhã, de 24 de Dezembro de 2016, lendo um jornal, tomei uma latinha.

Este primeiro gole foi o suficiente para eu ter uma recaída cruzada. Tenho a dizer que as decisões de qualquer autoridade pode influenciar a vida pessoal de todos nós. Aqueles que têm poderes em suas mãos, podem abalar os sonhos de uma pessoa. Esta minha recaída foi muito forte e me levou a perder a minha família novamente, assim como meu trabalho, meu estudo e o amor de minha vida.

Gostaria de dizer, que é importante que as autoridades, independente dos cargos que ocupam, precisam entender que mesmo não conhecendo uma pessoa e não a conhecendo, podem acabar com os sonhos de uma pessoa. Portanto, é preciso que se mantenham atentas em suas decisões e lembrem-se sempre de cada um de nós.

Que Deus abençoe as autoridades em suas escolhas durante suas vidas públicas, com conhecimento e sabedoria. Hoje, recuperando de muitas dificuldades, vejo que meu sonho não acabou.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário