Português

Recomeço de uma Nova Vida

Leia o texto autobiográfico escrito pelo aluno Rodrigo Batista Maia, aluno do CEEJA. 

Sou Rodrigo Batista Maia, tenho 39 anos, moro em Marília-SP desde minha infância. Mas uma vez, em agosto de 2015, me perdi e caí na dependência do álcool cruzado. Até essa data (23/08/2015) estava completamente destruído. Segunda a bíblia, eu estava nas mãos do inimigo, que é o diabo, chamado por muitos de satanás. Esse inimigo tinha tirado minha família novamente, me deixando em estado de rua, às vezes ficava dias sem tomar banho.

Para não encompridar esse diálogo, falava para os amigos que “minha água não era mais água, era o álcool e minha comida era ‘cruzado’ com o álcool”, para quem não sabe, a droga.
Para quem não entende esse tipo de redação que é um pedacinho de minha vida, a esse pequeno texto chamamos autobiografia, na qual gostaria que entendessem que a dependência cruzada vem a ser o uso de álcool e drogas.

Primeiramente é Deus. Ele sempre deve estar em primeiro lugar em nossas vidas, depois Jesus Cristo e o Espírito Santo, que encontrei na igreja Bola de Neve. Depois dessa ajuda divina vem os médicos, psiquiatras, psicólogos, terapeutas e hoje, também meus professores. Também tive a ajuda de grupos como Amor Exigente (AA) e Narcóticos Anônimos (NA).

Assim, em 24 de agosto de 2015, Deus me resgatou, mais uma vez. Entre os anos de 2015 e 2016 foram os melhores anos de minha vida. Em 2017, tive outra recaída, que durou mais ou menos 7 meses.
Mas hoje, estou limpo há 3 meses, frequento a igreja, faço grupo de terapia no Centro POP e voltei para a escola. Já concluí a disciplina de Arte, no Ensino Fundamental e estou terminando a matéria de Língua Portuguesa.

Considero que voltar a estudar foi muito importante em minha vida, aprender e ganhar novos conhecimentos para sonhar com um futuro diferente, no qual pretendo terminar os estudos, resgatar minha família, conseguir um emprego que me de dignidade e buscar coisas boas para minha vida. Sempre com Deus em primeiro lugar.
Gostaria também, de agradecer o trabalho da igreja Bola de Neve, na qual sou batizado com as águas do Espírito Santo, eles me ensinaram o caminho de Deus, buscando uma vida diferente.

E, para quem não sabe, o poder da oração em joelhos resgata qualquer pessoa.
Amém!


Autoria: Rodrigo Maia – aluno do CEEJA.
Texto produzido durante as aulas de língua portuguesa, na escola.
Créditos da imagem: Sebastião Salgado.

 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário